(re) Pensando a Estrutura Funcional da Educação Física para o Ensino Médio com o Intuito de Atender a Diversidade

Por: Carla da Conceição Lettnin.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa qualitativa objetivou a reflexão da Educação Física Escolar (EFE) no Ensino Médio (EM) visando à diversidade em classe. Investigou-se 12 escolas de Porto Alegre/RS e teorias educativas pautadas na individualidade. A maioria das escolas estrutura a EF por série e turma desconsiderando a diversidade contextual, embora a literatura aponte problemas com relação a esta organização. O (re)pensar da EFE no EM é urgente. As alterações na organização, estrutura, conteúdos e critérios de avaliações da EFE devem ser compatíveis com as possibilidades e interesses dos alunos, tornando a prática de atividades físicas mais atraentes e interessantes, em uma perspectiva de formação de um estilo de vida ativo em longo prazo. A particularidade de cada um exige que a educação permita uma formação por caminhos diversos, diante da pluralidade de suas metas.

Endereço: http://www.fmh.utl.pt/fmhnews/index.php?option=com_content&view=article&id=379:xiv-congresso-de-ciencias-do-desporto-e-educacao-fisica-dos-paises-de-lingua-portuguesa&catid=42:arquivo&Itemid=76

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.