Representações de Ansiedade e Medo de Atletas Universitários

Por: Amanda Alves Silva, Cláudia Dias Leite, , e .

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.6 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Durante uma competição o atleta vivencia emoções intensas que podem influenciar de forma positiva ou negativa seu desempenho. Dentre algumas emoções presentes no ambiente esportivo pode-se destacar o medo e a ansiedade. O presente estudo teve como objetivo avaliar estas reações emocionais em atletas universitários, tentando perceber quais as reações estão mais presentes, bem com se há diferenças entre os sexos nos jogos da semifinal e final das competições universitárias. A amostra foi composta por 23 atletas do futsal feminino e 19 atletas do futebol de campo masculino. Para avaliar os aspectos emocionais dos atletas utilizou-se o IDATE (ansiedade) e o QEE (medo) respondidos pelos atletas antes dos jogos. Para validação e confiabilidade da QEE foi utilizada a Análise Fatorial e o Alfa de Cronbach e para avaliação das reações emocionais foram realizadas as análises inferenciais teste t, teste Mann Whitney U e correlação de Pearson, calculados no SPSS 19.0. Os resultados demonstraram diferença significativa entre a equipe de futsal feminino e a equipe de futebol masculino tanto no medo intrínseco (p=0,001) quanto no medo extrínseco (p=0,001) no jogo da semifinal e no medo intrínseco (p=0,03) no jogo da final. Também demonstrou que o medo intrínseco é maior que o extrínseco nas duas equipes. Houve correlação positiva e moderada entre a ansiedade estado e o medo intrínseco no jogo da semifinal (p=0,008). Conclui-se que os atletas apresentam reações emocionais de ansiedade e medo pré competição, sendo os escores femininos maiores que os masculinos. Vale ressaltar que os níveis de ansiedade variaram entre leve e moderado para as duas equipes, e os escores de medo foram bem baixos.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBPE/article/view/6726

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.