Reprodutibilidade e Concordância do Teste de Salto Vertical com Contramovimento em Futebolistas de Elite da Categoria Sub-21

Por: Alexandre Moreira.

Revista da Educação Física - UEM - v.19 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo

O estudo investigou a consistência interna e a concordância do salto vertical (SV) efetuado no tapete de contato (TP) e com a cinta de Abalakov (AB) em 27 futebolistas do sexo masculino (18 ± 0,7 anos). Utilizou-se o teste t a para observar as diferenças entre as duas medidas retidas para TP e AB e o teste t (amostras independentes) para as diferenças entre TP e AB. O nível de significância estabelecido foi de 5%. A reprodutibilidade relativa foi testada através do coeficiente intraclasse (CIC), e a reprodutibilidade absoluta, pelo coeficiente de variação (CV). A análise da concordância (AC) entre TP e AB foi feita através da plotagem de Bland-Altman. Não foi demonstrada diferença estatisticamente significante tanto no TP quanto no AB. O elevado CIC e baixo CV para ambos os equipamentos indicam alta consistência interna do SV. Os valores da AC sugerem que os equipamentos não apresentam concordância elevada.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/5996/3692

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.