Reprodutibilidade do Tempo Limite em Mulheres Fisicamente Ativas

Por: Kátia Maíra Câmara Moreira, Leandro Paschoali Rodrigues Gomes, Ricardo Yoshio Horita e Wonder Passoni Higino.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.16 - n.1 - 2008

Send to Kindle


Resumo

A velocidade de VO2max (vVO2max) e o tempo de permanência nesta (Tlim), ultimamente estão sendo utilizadas para a prescrição do treinamento, principalmente o de característica intermitente. Com isso, o presente estudo objetiva verificar a reprodutibilidade do Tlim em mulheres fisicamente ativas. Participaram deste estudo 10 voluntárias saudáveis (22,3± 2,2anos; 58,04 ± 6,3kg; 166,2 ± 6,56cm; 25,41 ± 2,94%Gord.) que foram submetidos a três  testes: 1) determinação da capacidade (LAn) e potência aeróbia (VO2max) através de um protocolo progressivo e intermitente; 2 e 3) Determinação do tempo limite na velocidade associada ao VO2max, Tlim 1 e 2 respectivamente. Em todos os testes foram realizadas coletas de sangue do lóbulo da orelha para a determinação do lactato sanguíneo, e estes foram realizados em esteira rolante motorizada. Para analise dos dados utilizou-se uma estatística paramétrica através do teste “t student” (p?0,05). Com isso, verifi cou-se que as voluntárias não apresentaram diferenças signifi cantes para o Tlim, FC e [lac] ao fi nal dos testes de Tlim 1 e Tlim 2 respectivamente (239,2± 63,82 e 255,5 ± 61,9 seg; 191,2 ± 7,72 e 192,5 ± 9,24 bpm; 8,46 ± 1,40 e 7,71 ± 1,28 mM), as correlações entre o VO2max e a v VO2max (0,77) e o Tlim 1 e o Tlim 2 (0,72) foram positivas e signifi cantes, porém quando correlacionados o Tlim e VO2max (-0,28) e Tlim e vVO2max (-0,02) foram negativas, entretanto não signifi cantes. Portanto, conclui-se que o Tlim foi reprodutível eassim, recomenda-se a sua utilização para avaliação e prescrição de treinamento.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1112

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.