Réquiem Para Dois Pássaros de Gelo: a Coreografia da Exclusão na Patinação Artística Soviética e a Construção da Potência Esportiva Mundial

Por: Diego Santos Vieira de Jesus.

Revista Estudos Feministas - v.21 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo é examinar os fatores responsáveis pela construção da hegemonia dos atletas soviéticos da patinação artística de duplas e da dança no gelo nas principais competições internacionais a partir da década de 1960, bem como os efeitos dessa hegemonia na construção da imagem da União Soviética como potência esportiva mundial. O uso do desempenho dos casais em competições era um veículo para a comunicação internacional dos sucessos do regime comunista na preparação técnica de sua população. O aparato criado em torno da patinação artística de duplas e da dança no gelo na União Soviética era imbuído de um viés político heteronormativo, que naturalizava as hierarquias que situavam a mulher numa posição de dependência em relação ao homem e contribuía para a exclusão de práticas que apontavam para o questionamento da ordem patriarcal erguida pelo regime comunista.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2013000300024&lng=en&nrm=iso

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.