Resposta do Duplo Produto e Pressão Arterial Diastólica em Exercício de Esteira, Bicicleta Estacionária e Circuito na Musculação

Por: Alexandre Gonçalves, Elmiro Santos Resende e Leandro Teixeira Paranhos Lopes.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.8 - n.2 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Entre as diversas causas de problemas cardiovasculares que afetam a população mundial, na atualidade, o sedentarismo é apontado como um dos fatores de risco mais relevantes. Vários estudos têm se preocupado em analisar e esclarecer as principais adaptações provocadas pelos diferentes tipos de exercícios sobre o sistema cardiovascular. Seguindo esta linha o presente trabalho teve como objetivo analisar e comparar a resposta aguda do duplo produto (DP) e a pressão arterial diastólica (PAD) em exercício de esteira, bicicleta estacionária e circuito na musculação. Foram avaliados nove indivíduos sendo seis mulheres e três homens, na esteira, a 60% da freqüência cardíaca de reserva (FCR), na bicicleta estacionária, a 60% FCR e circuito de musculação a 60% de 1 repetição máxima (1RM). Os resultados encontrados apresentaram diferença significativa do DP pré e pós esforço nos três exercícios. Quando comparado, o DP obtido pós esforço, nos três exercícios, não houve diferença significativa. A resposta hipotensiva da PAD pós-esforço foi mais acentuada após exercício de circuito em musculação, quando comparada com as outras modalidades exercício analisadas. De acordo com os procedimentos metodológicos adotados e os resultados obtidos, concluiu-se que não há diferença na taxa de exigência de trabalho do miocárdio entre os três exercicios analisados e que o circuito de musculação, a 60% 1RM, provoca uma maior resposta hipotensiva da PAD pós-esforço.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3886

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.