Respostas Cardiovasculares Agudas e Crônicas em Sessões Isométricas de Treinamento de Força em Mulheres Normotensas e Hipertensas

Por: Leandro de Aquino.

118 páginas. 2015 15/12/2015

Send to Kindle


Resumo

O treinamento isométrico de preensão manual e o treinamento isométrico de quadríceps reduzem a pressão arterial de repouso em normotensos e hipertensos, mas nem sempre as metodologias das pesquisas são repassadas no dia-a-dia para auxiliar o tratamento anti-hipertensivo. Foi investigado em 81 mulheres não sedentárias, hipertensas e normotensas com idade entre 40 a 65 anos, as adaptações cardiovasculares provocadas pelo Treinamento de Força Isométrico (TFI) utilizando um programa de 8 exercícios físicos com peso livre (30 a 40% 1 RM) durante 8 semanas (24 sessões). A amostra foi dividida em 4 grupos, Grupo Hipertenso Hidroginástica (GHH) - (n = 20), Grupo Hipertenso Combinado (GHC) - (n = 21), Grupo Normotenso Hidroginástica (GNH) - (n = 20) e Grupo Normotenso Combinado (GNC) - (n = 20). Os resultados (média ± desvio padrão) para pré-treinamento e póstreinamento foi significativo para a medida de PAS repouso no GHC e GNC (126,73 ± 7,9 para 119,23 ± 5,3 e 125,69 ± 7,1 para 119,27 ± 4,6; p < 0,05); as medidas de PAS recuperação foram significativas no GHC e GNC (130,90 ± 8,3 para 122,80 ± 6,0 e 128,71 ± 8,8 para 121,38 ± 6,3; p < 0,001); as medidas de PAD repouso foram significativas no GNC (81,75 ± 6,6 para 77,98 ± 5,4; p < 0,05); as medidas de PAD recuperação foram significativas no GHC e GNC (87,58 ± 5,8 para 84,28 ± 5,0 e 84,59 ± 7,3 para 80,30 ± 5,8; p < 0,001); as medidas de PAM repouso foram significativas no GHC e GNC (98,92 ± 6,4 para 94,19 ± 5,1 e 96,40 ± 6,2 para 91,74 ± 4,7; p < 0,001); as medidas de PAM recuperação foram significativas no GHC e GNC (102,02 ± 6,1 para 97,12 ± 4,9 e 99,30 ± 7,5 para 93,99 ± 5,7; p < 0,001); as medidas de FC repouso foram significativas no GHC e GNC (76,09 ± 9,5 para 73,24 ± 8,1 e 78,29 ± 7,7 para 75,47 ± 6,2; p < 0,001) e as medidas de FC recuperação foram significativas no GHC e GNC (83,59 ± 11,6 para 79,76 ± 10,2 e 83,70 ± 8,2 para 78,99 ± 6,4; p < 0,001). Os dados de VFC não foram consistentes e não foram significativos. A conclusão foi que o TFI de 8 semanas foi capaz de reduzir as medidas de PAS, PAD, PAM e FC nos grupos experimentais, mas não foi capaz de reduzir as medidas de VFC.

Endereço: http://www.universo.edu.br/portal/niteroi/mestrado/mestrado-em-ciencias-da-atividade-fisica/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.