Respostas Estabilométricas de Jovens e Idosos Para Recuperar o Equilíbrio Após Uma Perturbação Inesperada Controlada

Por: e Carlos Alberto Veiga Bruniera.

Revista da Educação Física - UEM - v.25 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

A presente investigação teve como objetivo determinar as características empregadas durante a recuperação do equilíbrio decorrentes de uma perturbação inesperada entre idosos e adultos jovens.  Para tanto, 20 jovens universitários (22 ± 2,6 anos; 62,3 ± 10,6 kg) e 20 idosos (70,3 ± 3,2 anos; 64,5 ± 9,3 kg) foram submetidos a um teste de perturbação do controle postural sobre uma plataforma de forças. A amplitude do CP na direção anteroposterior foi de 3,20 ± 0,67 cm para os jovens, que apresentaram um menor deslocamento do que os idosos (4,55 ± 0,9 cm; p<0,05). Verificou-se que os idosos apresentaram deslocamentos maiores e mais rápidos do centro de pressão na direção anteroposterior do que os adultos jovens. Esta maior amplitude de oscilação nos idosos provoca uma resposta mais lenta na recuperação da instabilidade, com isto aumentando a probabilidade de queda nesta população.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/21495

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.