Respostas Hemodinâmicas, Cardiorrespiratórias e Ocorrência de Lesão Muscular no Meio Aquático e Terrestre em Mulher Não Ativa: Estudo de Caso

Por: Patrícia Dias Pantoja.

Motriz - v.12 - n.1 - 2006

Send to Kindle


Resumo


O objetivo do presente estudo foi avaliar as respostas cardiorrespiratórias e ocorrência de lesão muscular em ambiente aquático e terrestre. Este estudo de caso teve como participante uma mulher que não pratica exercícios físicos regularmente, por no mínimo 6 meses. Realizaram-se dois testes progressivos máximos em cicloergômetro, nos ambientes terrestre e aquático, com intervalo de uma semana entre eles. Analisou-se o consumo de oxigênio através do analisador de gases modelo KB1-C, da marca AEROSPORT, a pressão arterial através do esfigmomanômetro de mercúrio da marca Baumanometer e a freqüência cardíaca através do freqüencímetro S610, da marca POLAR. Para análise da creatina quinase foi utilizado o Kit comercial CK-NAC da Bioliquid. Como resultados, o consumo máximo de oxigênio apresentou no meio terrestre um valor de 1,56 l.min-1 e no meio aquático, 1,64 l.min-1. A freqüência cardíaca máxima e a pressão arterial máxima demonstraram uma resposta atenuada no meio aquático. Já os níveis de creatina quinase não demonstraram alterações nas medidas realizadas no meio aquático e no meio terrestre. Como conclusão, a partir dos resultados obtidos pode-se sugerir que o meio líquido oferece menor sobrecarga cardiovascular em teste máximo em cicloergômetro comparado ao meio terrestre, sem riscos de lesão muscular.

Endereço: http://cecemca.rc.unesp.br/ojs/index.php/motriz/article/view/418/354

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.