Respostas do Lactato Sanguíneo e da Freqüência Cardíaca em Duas Diferentes Provas do Automobilismo

Por: Claudio Alexandre Gobatto e Ednilson Régis Mendonça.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.6 - n.1 - 2000

Send to Kindle


Resumo

Com o propósito de caracterizar e avaliar as condições fisiológicas do atleta durante provas do automobilismo, um piloto profissional de alta performance foi submetido a testes de pista no Autódromo Internacional de Interlagos. Foram determinados os valores das concentrações sanguíneas de lactato e glicose de um mesmo piloto, antes e após duas provas do automobilismo: uma da Fórmula Corsa e outra do Kart, realizadas em dias diferentes. A freqüência cardíaca (FC) foi registrada a cada quinze e cinco segundos durante as competições, respectivamente. As provas foram filmadas, visando a sincronização entre os acontecimentos e a resposta da FC. Visando a avaliação do condicionamento aeróbio do atleta, seu limiar anaeróbio foi determinado em um teste padronizado de campo. Os resultados referentes às concentrações de lactato ao final das provas sugerem intensidades diferentes entre as duas, sendo a F-Kart superior em relação à F-Corsa. Houve acoplamento entre a FC e o lactato sanguíneo e isso sugere que a FC, ao menos nesse piloto experiente, não está alterada pelo risco da modalidade. A resposta da FC deve estar relacionada ao esforço físico e ansiedade de vitória semelhante a qualquer outro esporte.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922000000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.