Respostas Neuromusculares Agudas Ao Exercício com Pesos Realizado a Diferentes Intensidades em Idosas Treinadas

Por: Alexandre Konig Garcia Prado.

2012 25/09/2012

Send to Kindle


Resumo

A manipulação da intensidade do exercício com pesos (EP) está intimamente relacionada a importantes alterações no volume de exercício. A interação entre intensidade e volume do EP tem papel importante nas alterações agudas do sistema neuromuscular (SNM), sendo que a dinâmica de recuperação desse sistema determina a frequência do EP. Porém, a influência da manipulação da intensidade e volume do EP no processo de recuperação do SNM tem sido pouco estudada, principalmente em indivíduos idosos treinados. OBJETIVO: Analisar o efeito de diferentes intensidades no volume do EP e na resposta neuromuscular aguda, em idosas treinadas. MATERIAIS E MÉTODOS: Dezoito mulheres idosas treinadas com pesos (67,72 ± 6,04 anos; 64,47 ± 10,96 kg; 1,60 ± 0,06 m; 25,21 ± 4,07 kg/m2) participaram do estudo. As participantes realizaram uma condição controle (CON) e três condições com EP, a saber: 1) três séries até a fadiga muscular com intensidade de 100% de 13-15 repetições máximas (RM); 2) duas séries com 15 repetições e a terceira até a fadiga, com intensidade de 90% (90% CF) de 13-15 RM; 3) três séries de 15 repetições com intensidade de 90% de 13-15 RM, sem fadiga na última série (90% SF). Os exercícios foram realizados em um aparelho Leg-press, com intervalo de recuperação entre as séries de 2 minutos e controle da velocidade.

Endereço: http://www.athena.biblioteca.unesp.br/F/NY1SEYC1JRVBMB9GUFD5M257AYR4MAR6UF34PL9MSGSEFHKNVB-07966?func=full-set-set&set_number=009349&set_entry=000029&format=999

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.