Revisão de Filme Icarus: Passando Entre Uma Escolha Individual e Uma Questão Geopolítica

Por: , Charlotte Markham e Henrique Estides Delgado.

Recorde: Revista de História do Esporte - v.13 - n.2 - 2020

Send to Kindle


.Resumo

Esta é uma resenha crítica do filme americano Ícaro (2017) dirigido por Bryan Fogel. O documentário é essencialmente sobre doping, mas o que começa com um alvo individual se torna uma questão geopolítica. O documentário ganhou o Prêmio Orwell documentário no Sundance Film Festival (EUA) em 2017. Assumindo o doping como sendo mais do que um problema ético pessoal, Ícaro é uma boa chance de discutir sobre o sistema esportivo, não tendo os atletas como os únicos trapaceiros. A literatura sobre drogas no esporte é vasta e normalmente é baseada na educação, prevenção e política. O documentário é bem sucedido ao condensar essas três questões quando viaja para diferentes países em busca de entrevistas com membros de organizações esportivas internacionais.

Endereço: https://revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/39596

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.