Rio 2016: o Jornalismo Esportivo e o Comitê Olímpico do Brasi

Por: Carlos Augusto Tavares Junior.

154 páginas. 2019 25/03/2019

Send to Kindle


Resumo

Esta tese analisa o website do Comitê Olímpico do Brasil (COB), tendo como base a discussão em torno do jornalismo esportivo, desde a perspectiva teórico-conceitual à produção e a usabilidade diante das mediações tecnológicas. A página do COB apresenta um potencial diferenciado para a produção de notícias, ao abrigar características com pouca recorrência nos noticiários brasileiros, focados nos esportes de alto rendimento, na competição e na popularidade das modalidades e de atletas. Surge um desafio nessa cobertura: ampliar a visibilidade das modalidades na mídia e a necessidade de priorizar os valores esportivos como a excelência, o respeito e a amizade. Esse potencial vai além da cobertura das principais competições, como os campeonatos mundiais e os Jogos, ocorridos no Rio de Janeiro, em 2016. Assim, esta pesquisa tem como principal objetivo responder à seguinte pergunta: o site do COB, ao proporcionar que usuários-interatores acessem as informações dos principais acontecimentos das modalidades olímpicas, teria sido utilizado como fonte para a criação de pautas a serem desenvolvidas pelos jornalistas especializados em esportes? Com a finalidade de abordar a discussão do modo de uso / funcionalidade do conteúdo eletrônico jornalístico do Comitê Olímpico do Brasil, este trabalho se debruça sobre a coleta e a análise de entrevistas com pesquisadores, jornalistas e profissionais da mídia.

Endereço: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-24052019-100614/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.