Risco Coronariano em Praticantes de Futebol Recreativo em Coimbra-mg.

Por: C. A. G. Dias e H. T. Loque.

69º Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi identificar o risco de complicações coronarianas, através da relação cinturaquadril, em praticantes de futebol recreativo (n=12) com média etária de 30,75 (±7,71) anos e índice de massa corporal média de 24,41 (±2,42). Constatou-se que 6 (50%) indivíduos apresentaram baixo risco cardíaco, 5 (42%) indicaram risco moderado e 1 (8%) foi considerado com alto risco de apresentar complicações coronarianas. Sugere-se o acompanhamento especializado de Cardiologista, bem como de um Educador Físico, à adultos praticantes de futebol recreativo.

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.