Rituais Escolares: Notas Sobre Jogos e Olimpíadas Escolares Como Rituais

Por: Ana Gabriela Alves Medeiros, Etyelle Ribeiro, Fernanda Gonçalves Rios, e Thaíse Ramos Varnier.

Revista da Educação Física - UEM - v.23 - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

A teoria sociológica aponta que todas as sociedades constroem formas de celebração de seus valores e identidade. Segundo autores como DaCosta (2000) e MacAloon (1984), os jogos olímpicos pautam-se em valores da modernidade ocidental, e que os celebra em grandiosas cerimônias. Inseridos no âmbito escolar, identificamos um elevado número de “jogos” e/ou “olimpíadas” que, direta ou indiretamente, baseiam-se no modelo olímpico. Neste contexto, tivemos por objetivo analisar os sentidos, significados e valores envolvidos na realização de jogos escolares, com ênfase em suas cerimônias de abertura. Além disso, buscamos compreender as razões que orientam os professores a organizarem estas competições. Para tanto, foram realizadas observações em duas cerimônias em escolas da Grande Vitória e entrevistas com os professores organizadores das competições. Verificamos que as apropriações dos valores ritualizados nos jogos olímpicos são singulares e baseadas na realidade local, porém coexistem com a emulação de um modelo que se propõe universal.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/13621/9656

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.