Ritual e Dramatização nas Interações Sociais de Jogadores de Futebol em Categorias de Base

Por: Glauber Lemos, Jorge Ventura de Morais e Túlio Velho Barreto.

Revista Politica & Trabalho - v.33 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho visa analisar formas de interação face-a-face entre jogadores de categorias de base em um time de futebol pernambucano. Para tanto, partimos de reflexão sobre os rituais de interação e drama com base na obra de Erving Goffman. Nós procuramos mostrar que os garotos que se sujeitam a um processo de seleção visando à profissionalização no esporte tendem a passar por situações de interação social na qual são exigidas deles diversas expectativas. Nesse contexto, muitas vezes, os aspirantes a jogador dramatizam sobre estereótipos de jogadores profissionais. Tal dramatização tem por sentido não apenas o convencimento da platéia, mas também a aceitação harmoniosa do ator na ordem moral estabelecida.

Endereço: http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/politicaetrabalho/article/view/9040

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.