Estudo de Ciências na Escola Projeto Âncora em 2013-2014

Por: Tamara de Oliveira Bernardes.

2017 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo compreender como se dá o trabalho com ciências na Escola Projeto Âncora. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo “estudo de caso”, já que seu objeto de estudo tem particularidades que possibilitam caracterizá-lo desta forma. Os dados coletados foram pesquisa de campo, entrevista com profissionais da escola e documentos institucionais. Como referencial teórico usou-se o pensamento de três escolas, que serviram de inspiração para a elaboração da proposta pedagógica da escola pesquisada: Yásnaia Poliana, Summerhill e Escola da Ponte – apresentou-se também as linhas de ensino de ciências, desde que este surgiu (década de 50 do século passado). Os dados mostraram que a escola pesquisada segue um caminho independente de correntes teóricas e que o trabalho com ciências se dá através de projetos de aprendizagem, cujos próprios estudantes decidem o que vão aprender sob orientação de seu tutor e de um mediador do projeto. Os dados foram analisados buscando encontrar regularidades, similaridades e discrepâncias entre eles. A partir da análise foi possível concluir que esta escola não se enquadra em nenhuma abordagem do ensino de ciências, pois apesar de cumprir com as determinações do Ministério da Educação - MEC, segue um perfil independente, valorizando a autonomia, o aprendizado de valores humanos e o interesse do estudante. Neste processo, a escola vivencia algumas tensões com relação ao que se propõe e ao que realiza. Palavras-chave: Escola Projeto Âncora, Escola Democrática, Ensino Fundamental, Aprendizagem, 

Endereço: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/322778

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.