Semelhança Fraterna nos Níveis de Aptidão Física

Por: André Seabra, Catarina Vasques, José Antônio Ribeiro Maia, e Vitor Lopes.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - v.7 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

RESUMO O presente estudo visou averiguar a semelhança fraterna nos níveis de aptidão física (AptF). A amostra foi constituída por 366 pares de irmãos de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 10 e os 18 anos. Foram realizadas quatro provas de AptF da bateria de testes Fitnessgram (curl-up, push-up, trunklift e corrida/marcha da milha). Os procedimentos de análise utilizados foram o coeficiente de correlação de Pearson (r) e correlação canónica (Rc). Nos pares de irmãos do sexo masculino o valor de correlação mais elevado encontra-se na prova de push-up (r=0,46); a corrida/marcha da milha e o curl-up são as provas onde as irmãs apresentam valores de correlação superiores, r=0,49 e r=0,48 respectivamente; para estes pares a associação multivariada entre as quatro provas de AptF foi de 0,68; entre os pares de irmãos de sexo oposto constata-se um valor de 0,27. Conclui-se que no conjunto das quatro provas de AptF as irmãs são mais semelhantes entre si do que os irmãos; e nos pares de irmãos de sexo oposto verificou-se ausência de semelhança fraterna significativa. Palavras-chave: semelhança fraterna, crianças e jovens, aptidão física

Endereço: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232007000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.