Sentidos Atribuídos Pelos Alunos com Deficiência e Pelos Professores às Aulas de Educação Física Escolar

Por: Antonio Eduardo Ribeiro.

131 páginas. 2019 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A educação física relaciona-se com a promoção de saúde no âmbito escolar. Foi verificado que ainda faltam estudos que visam o levantamento dos sentidos atribuídos pelos alunos com deficiência e professores de Educação Física às aulas de EFE, principalmente a partir das políticas de inclusão de crianças com deficiência em escolas regulares. Trata-se de um estudo qualitativo de caráter exploratório, com o objetivo de analisar como as aulas de educação física em que participam alunos com deficiência são significadas pelos professores de Educação física e pelos alunos com deficiência destes professores. O estudo foi realizado em cinco escolas públicas municipais em uma cidade do interior de São Paulo, por meio de entrevistas semiestruturadas, com oito professores de Educação Física e dez alunos com deficiência. Os resultados evidenciaram que os professores gostam de desenvolver aulas com crianças com deficiência, pois para eles isto se torna muito compensador ao ver estes alunos com deficiência estão conseguindo realizar as atividades. Por outro lado, poucos professores tiveram acesso aos conteúdos sobre o trabalho com a criança com deficiência na sua formação inicial ou tiveram oportunidades de formação continuada. Assim, o sentido da realização do trabalho desenvolvido pelo professor de Educação Física na escola com crianças com deficiência acaba sendo predominantemente o de falta: falta de formação, falta de recursos educacionais adaptados, falta de auxiliares. Em relação às condições de trabalho, ainda faltam melhorias que poderiam facilitar o trabalho do professor de educação física em vários aspectos, sendo eles, espaço físico, materiais, uma maior parceria com as famílias, maior apoio da rede de ensino, principalmente na oferta de uma formação direcionada ao trabalho com crianças com deficiência. Um aspecto fragilizador no trabalho destes professores se refere ao planejamento, visto que os professores participantes não trazem muitos detalhes deste planejamento ou fazem um planejamento geral que pode não estar indo ao encontro das reais necessidades destes alunos com deficiência, com uma intencionalidade de tornar sua aula mais inclusiva e trabalhando com a zona de desenvolvimento proximal dos alunos com deficiência. Para as crianças com deficiência entrevistadas, os sentidos da aula de educação física estão ligados ao bem estar, possibilidade de jogar e de brincar, o que evidencia também que os sentidos para as crianças com deficiência podem ser diferentes dos sentidos para os professores

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-03062019-155237/pt-br.php

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.