Significados da Caminhada

Por: Rodrigo Portal Peixoto.

178 páginas. 2015 14/10/2015

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho teve como objeto de estudo a caminhada. Seu objetivo principal foi o de investigar e discutir os sentidos atribuídos a essa atividade, além de identificar as motivações, os interesses e as sensações inerentes ao ato de caminhar. Nessa pesquisa, entende-se a caminhada não só como um exercício físico, mas também como uma atividade permeada por outros significados, embora os estudos em torno desse tema geralmente o associam a um viés técnico. A investigação foi feita através de pesquisa qualitativa, que foi dividida em dois momentos. Primeiro, realizamos um levantamento bibliográfico a respeito do tema, onde foram abordados e analisados alguns dos significados ligados à caminhada. A segunda parte consistiu numa pesquisa de campo com seis indivíduos praticantes de caminhada. Todas as entrevistas foram realizadas durante as suas caminhadas habituais. Os instrumentos metodológicos utilizados para coletar os dados foram: entrevista narrativa, como instrumento principal, apoiado por outros dois instrumentos, a observação participante e diário de campo, Foi possível identificar através das entrevistas, os significados atribuídos à prática da caminhada, bem como os fatores motivacionais e os benefícios dessa atividade. Quanto aos motivos para a prática, foram citados àqueles ligados à busca por melhor qualidade de vida, seja através de uma dimensão física, psíquica/emocional ou social. O ato de andar, assim, foi se revelando não só como uma atividade motora, mas também como uma atividade intelectual, terapêutica e introspectiva, composta por uma rede de significados, constituídos a partir das experiências particulares de cada indivíduo entrevistado. A análise dos relatos dos participantes, portanto, demonstrou que a caminhada tende a adquirir variadas conotações na vida dos participantes, assumindo posição privilegiada no que se refere ao alcance de uma melhor qualidade de vida. Por fim, os resultados demonstraram que a caminhada: atua em nível fisiológico, melhorando as condições de saúde dos caminhantes; atua em nível emocional, cumprindo função terapêutica; está vinculada à livre reflexão e ao pensamento; permite a vivência de sensações ligadas à liberdade. Dessa forma, podemos concluir que a caminhada, embora esteja usualmente atrelada ao conceito de exercício físico, surge no nosso estudo, permeada por noções de liberdade, terapia, socialização, prazer e bem-estar emocional e físico.

Endereço: http://www.universo.edu.br/portal/niteroi/mestrado/mestrado-em-ciencias-da-atividade-fisica/

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.