Significados de Competir: os Múltiplos Entendimentos da Experiência no Campeonato Entre Alunos do Ensino Fundamental

Por: Juliana Rodrigues Marconi, Natália Kohatsu Quintilio e Vinicius Cardoso de Souza.

Olimpianos - Journal Of Olympic Studies - v.2 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Olimpismo é uma filosofia de vida idealizada por Pierre de Coubertin, cujo princípio era a busca de valores através do esporte. A partir da visão de Coubertin, a Educação Olímpica foi estruturada e poderia ser aplicada para disseminar tais valores, cujo papel é capacitar o aluno a construir sua consciência como instância autônoma de reflexão e, o esporte, potencializar a discussão de valores e exercitar relações humanas. . Este artigo tem como objetivo descrever quais são os melhores e piores momentos dos estudantes após uma competição. Vinte e quatro alunos (7 a 11 anos), ambos os sexos, integrantes da equipe de queimada de uma escola pública. Resultados: Melhores momentos: 54,16% relacionados à vitória da equipe, 41,66% ao sucesso pessoal e 4,1% a momentos com amigos. Piores momentos: 29,16% relacionados a derrota, 37,5% a falhas pessoais, 20,83% a percepções pessoais, 8,3% à escolha de um árbitro errado e, a 4,16%, não houve pior momento. Conclui-se que, embora esta proposta de Educação Olímpica aumente a conduta ética e o desenvolvimento de valores, a vitória / derrota ainda emergem como as principais preocupações da equipe. Isso leva à busca de outras estratégias para renovar possíveis representações sociais sobre a competição e o esporte em geral.

Endereço: http://olimpianos.com.br/journal/index.php/Olimpianos/article/view/45

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.