Simultaneidade de Fatores de Risco Para Doenças Crônicas em Adolescentes Escolares Esco da Cidade de Santa Maria-rs

Por: Felipe Vogt Cureau.

120 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

As doenças crônicas são responsáveis por duas em cada três mortes no mundo. Entretanto, até o momento, poucos estudos investigaram a prevalência e fatores associados à simultaneidade de fatores de risco para doenças crônicas em adolescentes. Objetivo: Verificar a ocorrência simultânea dos seguintes fatores de risco: alimentação inadequada, inatividade física, tabagismo, consumo excessivo de álcool, excesso de peso e pressão arterial elevada e verificar sua associação com variáveis sociodemográficas. Métodos: Estudo transversal de base escolar. O processo amostral deu-se em múltiplos estágios, estratificado por rede de ensino, região da cidade e série. Ao todo, 1.142 adolescentes (14-19 anos) compuseram a amostra. Para coleta dos dados foi utilizado um questionário, bem como realizadas medidas antropométricas e da pressão arterial. O índice de simultaneidade foi determinado pelo somatório dos fatores de risco pesquisados. A análise das combinações encontradas deu-se por meio da razão entre a prevalência observada e esperada; para estudo dos fatores associados foi utilizada regressão logística multinomial. Resultados: A prevalência individual dos fatores de risco foi a seguinte: 85,8% alimentação inadequada, 53,5% inatividade física, 31,3% pressão arterial elevada, 23,9% excesso de peso, 22,3% consumo excessivo de álcool e 8,6% tabagismo. Apenas 2,8% dos adolescentes mostraram-se livres de fatores de risco, entretanto 21,7%, 40,9%, 23,1% e 11,5% apresentaram um, dois, três e quatro ou mais fatores de risco, respectivamente. A combinação mais prevalente envolveu alimentação inadequada e inatividade física, ocorrendo 32% acima do esperado. A ocorrência simultânea de fatores de risco foi similar entre meninos e meninas, mas apresentou associação positiva com a idade e inversa com a condição econômica. Conclusão: A co-ocorrência de fatores de risco para doenças crônicas encontrada foi elevada. Estratégias de prevenção devem focar múltiplos fatores de risco, ao invés de apenas um. 

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissertacoes-2012/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.