Sinais Indicativos de Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação em Escolares: Há Diferenças Entre Meninos e Meninas?

Por: , Lucinete Sena de Oliveira Silva, Ricele da Silva Brito e Uiliam dos Santos Lima.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

O transtorno do desenvolvimento da coordenação (TDC) afeta muitas crianças em idade escolar, interferindo no desempenho de diversas habilidades motoras. Contudo, não há levantamentos no Nordeste do país indicando as frequências de TDC, bem como comparando tais frequências entre meninos e meninas. Desta forma, o objetivo do estudo foi avaliar sinais indicativos de transtorno do desenvolvimento da coordenação entre escolares de 7 a 12 anos de idade, e comparar as frequências observáveis entre meninos e meninas. Foi realizado um estudo transversal, com 89 crianças, de 7 a 12 anos de idade, matriculadas em escolas públicas de uma cidade do interior da Bahia, Brasil. Aplicou-se o Developmental Coordination Disorder Questionnaire (DCDQ) com os pais/responsáveis pelas crianças para se investigar os sinais indicativos de TDC nas crianças. Os resultados encontrados apontam uma elevada frequência de TDC na população estudada, correspondendo a 48,3%. Não foram observadas diferenças significativas entre meninas e meninas (p > 0,05). Por fim, este estudo indicou que as crianças recrutadas oriundas do interior do Nordeste do país apresentam elevada frequência de sinais indicativos de TDC, e que diferente do que a literatura internacional vem indicando, esses sinais não diferiram entre os gêneros.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.