Síndrome da Fibromialgia em Atletas: Uma Revisão Sistemática

Por: .

Revista da Educação Física - UEM - v.20 - n.1 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi revisar a SFM em atletas. A metodologia caracterizou-se por uma revisão sistemática da literatura, no período de 1996 a 2006, que abordassem a SFM. Foram selecionados 85 artigos, vinte e quatro atenderam aos critérios para inclusão e quatro (16,7%) abordavam a SFM em atletas. Os estudos referiram uma prevalência da SFM inferior nos atletas do que na população em geral. Esta síndrome é responsável por uma série de alterações como: incapacidade funcional, alterações de força, psicológicas, fadiga muscular e intolerância à atividade física. Devido a essas modificações, quando esta síndrome é diagnosticada em atletas possibilita a adoção de cuidados que evitam as lesões de repetição e o overtraining. Há necessidade de verificar a presença da SFM em atletas e em casos positivos orientar para uma continuidade dos treinos com ênfase no trabalho de resistência para prevenir a fadiga e cuidados com a saúde psicológica.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/6010/4018

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.