Sistema de Informação Para Acompanhamento Multidisciplinar de Indivíduos com Síndrome de Fibromialgia: aspectos de Saúde e Atividade Física

Por: Michele Rodrigues dos Santos.

142 páginas. 2013 23/03/2013

Send to Kindle


Resumo

26/03/2013

A Síndrome de Fibromialgia (SFM) é uma doença crônica de origem desconhecida caracterizada por dores difusas e pontos sensíveis a palpação (tenders points). O exercício é frequentemente citado e utilizado como método de tratamento, sendo responsável pela melhora de um ou mais componente da aptidão física, que tendem ser afetados pela inatividade. A avaliação física torna-se necessária para acompanhar o progresso de um indivíduo em relação às capacidades físicas, servindo como parâmetro para prescrição de exercícios adequados. Um sistema de informação que contemple dados específicos de avaliação física busca otimizar o trabalho do educador físico. Ao entender a necessidade de uma intervenção multidisciplinar, um sistema que integre informações dos diferentes especialistas envolvidos no tratamento do paciente facilitaria a comunicação e melhoraria a qualidade de atendimento. Objetivo: Este trabalho tem a finalidade de identificar e definir as informações de avaliação física essenciais a um sistema de informação para acompanhamento multidisciplinar de indivíduos com fibromialgia integrando informações fisioterapeuticas e reumatológicas. Metodologia: Estudo de natureza aplicada e exploratória, de desenvolvimento. Os procedimentos metodológicos foram divididos em 3 etapas. A Etapa 1 corresponde ao levantamento dos instrumentos de avaliação física por meio de revisão de literatura; A Etapa 2 compreende a definição dos requisitos com o preenchimento de questionários com profissionais que realizam tratamento com exercícios, criando um protocolo para avaliação física de indivíduos com SFM; A Etapa 3 corresponde a especificação do sistema utilizando a UML (Unified Modeling Language). Resultados: criou-se protocolo para avaliaçãofísica de indivíduos com SFM com os seguintes testes: Bioimpedância, IMC, Caminhada de 6 minutos, Teste de Aparelho de força isométrica, Sentar e levantar da cadeira em 30 segundos, Força de preensão manual (dinamômetro), Teste de 1 RM, Sentar e alcançar, 3º dedo ao solo, Teste de flexibilidade de ombros, Equilíbrio do Flamingo e Levantar e ir - Foot Up and Go. Foram criados diagramas de Atividades, de Caso de Uso e de Classes. Conclusão: a padronização de testes é importante para auxiliar na correta avaliação de indivíduos com SFM. O protocolo criado é de fácil utilização e é passível de aplicação em academias e consultórios de fisioterapia. O sistema integrado tende a facilitar a coleta e análise de dados no acompanhamento do tratamento da SFM facilitando a comunicação entre os diversos profissionais envolvidos no tratamento. Sugere-se que o protocolo criado seja validado em estudos futuros.

Endereço: http://www.biblioteca.pucpr.br

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.