Sistema de Sandow: a Idolatria do Müsculo

Por: .

Da Educação Física.

Send to Kindle


Resumo

A muitos autores tem passado despercebido, que, para satisfazer às leis da harmonia funcional, tem direito a um desenvolvimento com-pleto o aparelho neuromuscular, que representa o mecanismo regula-dor da nutrição, não só despendendo cada dia, pelos movimentos vo-luntários, o excesso das energias alimentares, não só agindo sôbre os fenômenos de desassimilação, até chegar à autofagia muscular, como também excitando as funções de assimilação, exercendo uma ação adi-pogênica, como no caso de certos indivíduos magros, que não são capazes de acumular reservas de gorduras senão sob a influência de um trabalho físico moderado. A necessidade, porém, de se desenvolver o aparelho muscular não deve levar-nos ao esquecimento dos outros aparelhos, sem cujo desenvolvimento simultâneo apenas se realizaria o falso atleta, em que o declínio mental e a própria estupidez, tão freqüentes nos cultores do atletismo, não são senão manifestações das insuficiências orgânicas latentes, que podem acompanhar uma hiper-trofia das fibras musculares e são a conseqüência natural do desequi-líbrio funcional orgânico.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.