Situações Específicas de Jogo Causadoras de Stress em Oficiais de Basquetebol

Por: e Fabiana Pinheiro Pereira.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.16 - n.2 - 2002

Send to Kindle


Resumo

A arbitragem é, sem dúvida, um dos aspectos mais polêmicos de uma competição esportiva.
Citados por atletas e técnicos como os responsáveis por seus insucessos e como fonte de “stress” durante os
jogos, os árbitros têm sido pouco estudados e, portanto, pouco se sabe sobre como eles observam e se sentem
nesse processo competitivo e quais as situações de jogo que lhes causam “stress”. Neste estudo com 20
oficiais do basquetebol brasileiro (10 árbitros e 10 mesários), todos atuando em nível nacional e internacional,
procurou-se identificar quais as situações de jogo são causadoras de “stress” para esses oficiais. Foi utilizado
o Formulário para Identificação de Situações de “Stress” no Basquetebol, adaptado para arbitragem. Além
disto, foram identificadas as situações de “stress” mais críticas na carreira desses oficiais. Os resultados
mostraram que as situações envolvendo agressões ou tentativa de agressões foram as mais freqüentes,
seguidas por situações envolvendo fatores de desempenho no jogo. As situações mais críticas de “stress”
citadas também envolveram as agressões, questões éticas e atuação no jogo. Esse estudo desperta a atenção
para a necessidade de se pesquisar com maior freqüência os árbitros, já que, tanto quanto atletas e técnicos,
eles fazem parte integrante do jogo e não podem ser ignorados no processo competitivo.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/v16%20n2%20artigo4.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.