Sobre a Monocultura Esportiva no Ensino da Educação Física na Escola

Por: , Leandro Oliveira Rocha e Samuel Nascimento de Araújo.

Pensar a Prática - v.21 - n.4 - 2018

Send to Kindle


Resumo

A partir de uma etnografia onde visamos compreender o processo de seleção dos conteúdos de três professores de Educação Física de uma escola pública gaúcha, emergem de maneira significativa o fenômeno do esporte na escola. A etnografia foi realizada em um ano letivo inteiro, de intensificada observação participante, registros em diário de campo, diálogos, entrevistas e análise de documentos. Identificamos a hegemonia de um modelo esportivista que privilegia o acesso de determinados grupos, destacando-se a formação de equipes e a representatividade da escola em eventos e a manifestação monocultural do futsal. Trata-se de uma seleção onde os estudantes, de forma arbitrária definem uma modalidade, a partir de seu gosto, e que é legitimada pelos professores, escola e comunidade.

Endereço: https://doi.org/10.5216/rpp.v21i4.50175

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.