Sobre a Atualidade dos Tabus com Relação Aos Professores

Por: Antonio A. S. Zuin.

Educação e Sociedade - v.24 - n.83 - 2003

Send to Kindle


Resumo

Este texto tem como objetivo argumentar que as atuais representações aversivas dos alunos com relação aos seus mestres, os chamados tabus, são decorrentes da violência simbólica que o professor exerce sobre o aluno, com ênfase na universidade. E se a atitude violenta causa inicialmente uma sensação de mal-estar, logo é identificada como algo "inerente" ao processo de ensino-aprendizagem. Tal violência torna-se valorizada tanto pelos professores quanto pelos alunos que se identificam com o professor na figura do agressor, sendo que tais alunos procuram encontrar oportunidades para poder se desforrar do ressentimento que foi engendrado nas relações cotidianas com seus mestres.

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.