Sobre Esporte, Comunicação e Mídia

Por: Uwe Müller.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.17 - n.3 - 1996

Send to Kindle


Resumo


A presente contribuição pretende ser apenas um esboço e não uma elaboração sistemática sobre o tema. De acordo com as diferentes formas que o esporte e mídia se apresentam hoje, faço uma referencia sobre o status que este tem atualmente e com que base o seu desenvolvimento pode se tornar compreensível. Já uma analise sistemática deveria partir das reais condições de vida, ou seja, o esporte deveria ser discutido com base numa concepção do se - movimentar humano e com suas diferentes ramificações a partir do desenvolvimento de técnicas para o movimento – o esporte enquanto uma interpretação técnica do se – movimentar é reducionista. A cobrança do esporte como um espetáculo de mídia, potencializa esta redução; a tecnologia do tempo autêntico (echtzeit) que depende dos imperativos econômicos, assim como o próprio esporte, fornece uma imagem do que deve ser nossa corporeidade enquanto Ser – no – Mundo. A velocidade humana, assim como ela ainda é comemorada no esporte, constitui-se n verdade, num anacronismo do ponto de vista da produção técnica da velocidade. Parece que o homem, na frenética busca de sua auto-superação, perde-se a si próprio nesta caminhada; o aperfeiçoamento técnico do e no homem seria uma Utopia negativa.

Endereço: http://rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/849

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.