Sobre a Unidade em Torno de Um Caneco: Futebol, Política e Imprensa na Vitória Brasileira na Copa do Mundo de 1970

Por: Ernesto Sobocinski Marczal.

Recorde: Revista de História do Esporte - v.6 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A conquista do tricampeonato mundial em 1970 constituiu um marco na memória do esporte nacional. O sucesso do selecionado nos gramados mexicanos mobilizou a população e ecoou nas páginas de diversos veículos de comunicação impressa. Enquanto isso, no meio político-social, o país experimentava o início do governo Médici, no qual verificava as controvérsias da ditadura militar implantada em 1964, com a paralela intensificação do aparato repressor e dos mecanismos de propaganda estatal, ao lado do desenvolvimento perpetrado por aquilo que se convencionaria chamar de milagre econômico. A partir desse panorama singular e tomando o futebol como elemento de particular apreço cultural no Brasil, o presente artigo se debruça sobre as relações entre futebol e política com base nas leituras veiculadas sobre a Copa do Mundo em três publicações: as revistas de diversidades O Cruzeiro e Manchete e o semanário alternativo O Pasquim.

Endereço: http://www.revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/663

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.