Sociologia Pública e as Praias Cariocas: a Praia é de Todos?

Por: Carlos Henrique de Vasconcellos Ribeiro, , Jorge Moreira e Vanessa Pontes.

Movimento - v.20 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Analisamos neste artigo como tem ocorrido a concessão de uso dos espaços públicos esportivos e de lazer, tendo como objeto de análise os equipamentos públicos e a faixa de areia das praias cariocas. A metodologia é de natureza qualitativa, do tipo descritivo, utilizando como estratégia a análise documental. Centramos nossa análise em documentos oficiais emitidos pelos órgãos públicos municipais da cidade do Rio de Janeiro. Como conclusão, demonstramos que há uma crescente mercantilização das práticas esportivas e de lazer das areias cariocas sob o consentimento dos setores públicos governamentais e que a questão das atividades de controle e fiscalização das atividades comerciais envolvendo o esporte não está na agenda política desta esfera de poder.  

Endereço: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/48165

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.