Sono e Treinamento em Atletas de Elite do Estado de Santa Catarina, Brasil

Por: Clarissa Stefani Teixeira, érico Pereira Gomes Felden, Fernanda Tolentino de Souza Bleyer e Rubian Diego Andrade.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.29 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se investigar algumas questões de sono, saúde e treinamento de atletas de elite do Estado de Santa Catarina - SC. Fizeram parte da amostra 452 atletas de modalidades coletivas e individuais que responderam a um questionário com questões relacionadas ao sono (duração e qualidade do sono, pesadelos e piora do sono antes da competição) e sobre sua percepção de saúde. Além disso, foi investigado se os atletas receberam, durante seus treinamentos, recomendações a respeito do seu sono. 48,5% dos atletas apresentaram baixa duração do sono (< 8h). Aqueles que receberam instruções sobre sono no treinamento apresentaram maior duração do sono (p < 0,001) e melhor qualidade de sono (p = 0,045). Atletas que não tiveram instruções sobre o sono apresentaram 1,35 (IC95%1,02-1,78) vez mais prevalência de baixa duração do sono. Além disso, a maioria dos atletas relatou que seu sono piora na véspera de competições e jogos importantes. Uma boa qualidade do sono esteve associada com percepção mais positiva de saúde e aqueles atletas que receberam instruções sobre o sono durante seus treinamentos apresentaram maior duração e melhor qualidade do sono. Recomenda-se assim, que as instruções sobre sono passem a fazer parte das rotinas de treinamentos de atletas brasileiros, bem como se investigue quais informações e estratégias são mais efetivas para a melhora do sono dos atletas.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-55092015000200207&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.