Superfície de Jogo Pode Influenciar o Desempenho Tático de Jogadores de Futebol?

Por: Carlos Miguel Morais Coelho Dias, Israel Teoldo da Costa, Júlio Manuel Garganta da Silva e Rodrigo de Miranda Monteiro Santos.

Revista da Educação Física - UEM - v.24 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Este artigo objetiva comparar o desempenho tático de jogadores de futebol em três superfícies de jogo distintas (grama artificial, grama natural e terra) e verificar as diferenças entre o desempenho tático ofensivo e defensivo nessas superfícies. A amostra integra 3999 ações táticas realizadas por 84 jogadores sub-13, sendo 1136 ações realizadas no campo de grama natural, 2183 no campo de grama artificial e 680 no campo de terra. O instrumento utilizado para coleta e análise dos dados foi o FUT-SAT, que avalia o desempenho tático dos jogadores. Para aferir as diferenças entre as variáveis, recorreu-se aos testesone-way ANOVA e Kruskal-Wallis. Não foram verificadas diferenças no desempenho tático para as distintas superfícies de jogo, apesar do desempenho defensivo se ter revelado inferior ao ofensivo (p<0,001). Logo, conclui-se que a superfície de jogo não parece influenciar o desempenho tático dos jogadores.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/17965/11808

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.