Suplementação com Alta Dosagem de Cafeína Não Afeta Resistência à Fratura óssea em Ratas Submetidas a Treinamento de Saltos Verticais

Por: Gilton de Jesus Gomes Et Al.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.32 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: testar os efeitos de altas doses de cafeína na resistência óssea à fratura em ratas jovens submetidas a treinamento de saltos verticais. MÉTODOS: ratas jovens foram alocadas em 4 grupos (Fatorial 2 x 2, Cafeína e Exercício). Grupos Cafeína receberam 3 doses (10 mg/100 g m.c.)/semana. Grupos Exercício realizaram treino de saltos verticais na água, 5 sessões/semana, por 6 semanas. Avaliou-se o cálcio urinário, diâmetro, massa e resistência à fratura do fêmur. RESULTADOS: cafeína e exercício aumentaram a excreção de cálcio. Cafeína reduziu a massa femoral, mas não afetou sua resistência à fratura. Exercício aumentou o diâmetro e a resistência femoral à fratura. CONCLUSÃO: cafeína não prejudica a resistência óssea em ratas jovens enquanto saltos verticais fortalecem os ossos

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/549

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.