Suplementação de Glutamina Aplicada a Atividade Física

Por: L. Rossi, M. B. Strufaldi, M. M. Rogero e M. Novelli.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.15 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

A glutamina é o aminoácido livre mais abundante no plasma e é encontrado também em relativamente altas concentrações em diversos tecidos corporais humanos. Quantitativamente o músculo esquelético é o tecido mais relevante na síntese, estoque e liberação de glutamina , o qual exerce um papel fundamental na manutenção da glutamina plasmática. A glutamina é um aminoácido essencial para diversas funções homeostáticas e para o funcionamento normal de um número de tecidos corporais, com destaques para o sistema inume e intestino. Entretanto, durante vários estados catabólicos incluindo infecções, cirurgias, trauma, acidose e exercícios exaustivos a homeostase de glutamina é colocada sob situação de estresse, e as reservas de glutamina, em particular aquelas do músculo esquelético, são depletadas. Esta revisão se concentra no papel da suplementação com glutamina antes, durante e após o exercício prolongado e intenso com o objetivo de discutir seu potencial papel na prevenção da diminuição da concentração plasmática e tecidual após o exercício. Além disso, abordar sobre a relação de sua suplementação e possível atuação sobre a ressíntese de glicogênio e rendimento
de atletas de alto nível.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/737/740

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.