Tabagismo em Pacientes Diabéticos: Predisposição às Doenças Crônico-degenerativas e Neoplasia

Por: Carlos Ricardo Maneck Malfatti e Palloma Almeida Soares Hocayen.

Cinergis - v.11 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo


O Brasil representa um dos países com o maior consumo de tabaco e um dos maiores índices de mortalidade associados ao tabagismo, em torno de 200 mil/ano. Estudos atuais mostram a existência de mais de 1 bilhão de tabagistas em todo o mundo e em torno de 3 milhões de óbitos devido a este hábito. Existe um crescente conjunto de evidências sugerindo que o tabagismo é fator de risco para Diabetes e câncer, relacionados a fatores como: obesidade, sedentarismo e etilismo. O Diabetes aumenta significativamente a incidência de câncer de fígado, pâncreas e endométrio além do aumento do risco de desenvolvimento de câncer de cólon e reto, mama e bexiga. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre as complicações associadas ao hábito tabagista em pacientes diabéticos. A pesquisa foi desenvolvida a partir de bases de dados do Scielo, Science Direct, PubMed e Medline. Os artigos foram selecionados de acordo com as palavras-chave: Tabagismo, Diabetes, Tabagismo e Diabéticos com estudos enfatizando a problemática causada nos pacientes diabéticos que possuem o hábito tabagista. A literatura mostrou que existem vários males que são acentuados e/ou causados pelo hábito tabagista em pacientes diabéticos. Destaca-se que uma das principais maneiras de atenuar os problemas acentuados em diabéticos pelo tabagismo seria a cessação do mesmo a partir de medidas farmacológicas, prevenção, campanhas anti-tabagismo, juntamente com hábitos saudáveis de vida, incluindo principalmente a prática de exercícios, visando uma mudança de estilo de vida para uma melhor saúde e qualidade de vida destes pacientes.
 

Endereço: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/2056

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.