Tecido Circence: a Influência de Um Programa de Intervenção Motora no Desenvolvimento Motor, Percepção de Competência e Ansiedade de Crianças.

Por: Paula Carolina Teixeira Marroni.

2009 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O estudo de cunho experimental teve por objetivo analisar a influência de um programa de intervenção motora de Tecido Circense baseado na Teoria da Instrução de Bruner (2006) sobre o nível de desenvolvimento motor, percepção de competência e ansiedade de crianças jovens. Participaram do estudo 16 crianças, (n=8) grupo experimental (G1) e (n=8) controle (G2). Como instrumentos foram utilizados no pré-teste e pós-teste: Teste ABC do Movimento (Henderson e Sugden, 1992), escala de Percepção de Competência (Harter, 1982), escala Pictorial de Percepção de Competência e Aceitação Social (Harter e Pike, 1984), Escala de Ansiedade Esportiva SAS-2 (SMITH, 2000), Questionário de Rotinas Diárias (NETO, 1997) e Programa de Intervenção Motora. A estrutura do programa de intervenção foi realizada com base nos pilares da instrução de Bruner (2006): pré-disposição, estrutura, seqüência e reforço. O grupo experimental (G1) participou de um processo de intervenção de 16 semanas em Tecido Circense, as quais foram filmadas, monitoradas por observadores que preenchiam uma Grelha de Observação Direta e repassadas em relatórios que foram usados para a triangulação dos dados com vistas a categorizar elementos do Tecido Circense em um processo de Adaptação ao Meio Aéreo. Os dados quantitativos foram analisados por meio de estatística descritiva (Mediana e intervalo interquartílico), analítica (testes de Wilcoxon, Friedman, Mann-Whitney e Testes de Comparações Múltiplas), correlacional (Coeficiente de Correlação de Spearman) além de análise qualitativa, sendo de conteúdo do tipo categorial. Os resultados demonstraram que para o teste ABC não foram encontradas diferenças significativas do pré-teste para o pós-teste, evidenciando que o período de 16 semanas não teve influência significativa no desenvolvimento motor, sugerindo a necessidade de reflexão aprofundada acerca da restrição de tarefas e quantidade de prática de habilidades como o trepar no cotidiano das crianças. Para a Percepção de Competência houve diferença significativa do pré-teste para o pós-teste na sub-escala de Competência Motora, monstrando que intervenções motoras com encorajamento positivo podem alterar a percepção de competência das crianças. Para Ansiedade Estado houve diferença significativa do Pré-teste para o pós-teste na Ansiedade Cognitiva demonstrando que a preocupação com a prática das crianças diminuiu com as experiências motoras do Tecido Circense. A análise correlacional aponta que para este grupo de crianças existe correlação alta e negativa entre os dados de Percepção de Competência e da ansiedade estado (escala SAS-2), bem como entre os escores de Percepção de Competência e os dados do Teste ABC do Movimento. Concluise que o programa de intervenção motora em Tecido Circense baseado na Teoria da Instrução de Bruner pode influenciar positivamente no desenvolvimento de Percepção de Competência e ansiedade de crianças e jovens, contribuindo para o desenvolvimento motor.

Endereço: http://nou-rau.uem.br/nou-rau/document/?code=vtls000171420

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.