Tecnologia da Informação e Comunicação na Graduação em Educação Física: o Uso da Web 2.0 e do Moodle

Por: e .

Conhecimento Construído em Parcerias [Recurso Eletrônico]: Desafios na Educação Física.

Send to Kindle


Resumo

Todo docente universitário já observou como as tecnologias da comunicação e informação (TICs) estão presentes no cotidiano dos jovens. Seja por meio do uso das redes sociais (Orkut, Facebook, MSN) ou das ferramentas interativas da internet (blogues, Wiki, Twitter, Youtube), os graduandos de educação física, futuros profissionais, tem ao seu alcance uma infinidade de meios para se comunicar ou buscar conhecimento.

Referências

ALMEIDA, M. E. B. Informática e formação de professores. V. 1 e 2. Brasília: Ministério da Educação/Seed, 2000.

BIANCHI, P; HATJE, M. A formação profissional em educação física permeada pelas tecnologias de informação e comunicação no Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Santa Maria. Revista Pensar a Prática, v. 10, n. 2, 2007, p. 291-306.

CABANELAS, M.E.A. La utilidad de los recursos tecnológicos institucionales en las clases de educación física. Revista de Formación e Innovación Educativa Universitaria, v. 2, n. 1, 2009, p. 143-53.

CAETANO, O.A.; VERENGUER, R.C.G; COSTA, F.C. Tecnologia da informação e comunicação na graduação em educação física: Experiências de um primeiranista como usuário do Moodle. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 9, n. 1 (supl.), 2010, p. 67.

CARVALHO, T.B.; VERENGUER, R.C.G.; COSTA, F.C. Tecnologia da informação e comunicação no esporte: O uso da tecnologia bluetooth nos estádios de futebol. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 9, n. 1 (supl.), 2010, p. 65.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. V. 1. 4. Ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001.

DELORS, J. (org.) Educação: Um tesouro a descobrir. 5. ed. São Paulo/Brasília: Cortez/MEC/Unesco, 2001.

ENTENDA o que é a Web 2.0. Disponível em: . folha/informatica/ult124u20173.shtml Acesso em: 23 ago. 2012.

GAMA, R. A tecnologia e o trabalho na história. São Paulo: Nobel/Edusp, 1985.

GILBERTO JR. Tim O’Reilly define a Web 2.0. Disponível em: http://w2br.com/2006/11/30/tim-oreilly-define-a-web-20/. Acesso em: 30 nov. 2006.

GUIMARÃES, L. S. R. Novas tecnologias e mudanças no contexto de uma instituição educacional. In: VIGNERON, J.; OLIVEIRA, V.B. (orgs.). Sala de aula e tecnologias. São Bernardo do Campo: Umesp, 2005.

KENSKI, V. M. Das salas de aula aos ambientes virtuais de aprendizagem. Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 2012.

KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas: Papirus, 2007.

MORAN, J. M.; MASETTO, M. T.; e BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 3. ed. Campinas: Papirus, 2001.

PASSARELLI, B. Interfaces digitais na educação: @lucin[ações] consentidas. São Paulo: Escola do Futuro da USP, 2007. Costa e Verenguer | 97 SANTOS, B.C.; VERENGUER, R.C.G; COSTA, F.C. Tecnologia da informação e comunicação no esporte: Uso de ambiente virtual de aprendizagem para o ensino do jiu-jitsu. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 9, n. 1 (supl.), 2010, p. 64.

SARTORI, A.; ROESLER, J. Educação superior a distância. Tubarão: Editora Unisul, 2005.

SCHLEMMER, E. Metodologias para educação a distância no contexto da formação de comunidades virtuais de aprendizagem. In: BARBOSA, R. M. Ambientes virtuais de aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2005.

SOUZA, C.A.; HIROTA, V. Esporte cibernético e a influência de uma rede social para o contexto esportivo: Um relato de experiência. Revista Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 9, n. 1 (supl.), 2010, p. 112.

TEIXEIRA, M.P; VERENGUER, R.C.G; COSTA, F.C. Tecnologia da informação e comunicação na educação física: Caracterização dos blogues da área. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 9, n. 1 (supl.), 2010, p. 66.

VALENTE, C.; MATTAR, J. Second life e Web 2.0 na educação: O potencial revolucionário das novas tecnologias. São Paulo: Novatec, 2007.

VERENGUER, R.C.G. Tecnologia da informação e comunicação na graduação: Impacto da utilização do Moodle no aprendizado segundo os universitários. MOODLEMOOT BRASIL, 4., 2010, São Paulo. Anais... São Paulo, 2010, p. 18-21.

______. Docência universitária e Moodle: Construindo uma metodologia para a mediação pedagógica. MOODLEMOOT BRASIL, 3., 2009, São Paulo. Anais... São Paulo, 2009, p. 62-66.


 

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.