Tempos, Espaços e Práticas Escolares o Corpo Que Brinca na Escola

Por: Eliene Lopes Faria.

XI ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

Esse texto versa sobre uma leitura dos tempos e espaços escolares como forma de poder, controle social e como currículo, contendo normas e valores. Os tempos e espaços escolares são aqui abordados considerando, também, o poder de intervenção dos atores sociais da escola na construção do corpo lúdico que brinca com as determinações. Trata-se de um primeiro debate sobre os limites e possibilidades da  Organização escolar, onde para além da interpretação e aceitação de uma história pautada unicamente na dominação e no disciplinamento das práticas corporais, busco dar relevo as práticas contraditórias e ambíguas que compõem o cotidiano escolar e que por isso lhe imprimem uma dinâmica com múltiplos significados.

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.