Tendências Atuais da Pesquisa Brasileira em Educação Física. Parte 2: a Heterogeneidade Epistemológica nos Programas de Pós-graduação

Por: Jacqueline Leta e Suely Rosa.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.25 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

A fim de contribuir com o debate sobre a heterogeneidade epistemológica da Educação Física (EF) e a falta de critérios adequados para avaliar a pesquisa e estudos com enfoques pedagógicos e socioculturais, o presente trabalho se propõe a caracterizar a pesquisa atual em EF que tem origem nos programas de pós-graduação (PGs) no Brasil. A pergunta central é qual a principal tendência epistemológica da pesquisa originada nas PGs em EF no Brasil? Partindo desta pergunta, iniciamos uma detalhada análise da produção acadêmica de 11 PGs inseridos na área de avaliação de Educação Física. A análise baseou-se nos relatórios anuais do triênio 2001/2003, disponíveis "on-line" pela CAPES e que apresentavam as produções bibliográficas de cada PG. No total foram analisados 5.628 títulos dos diversos tipos de produção bibliográfica. Os dados sugerem que a pesquisa em EF, gerada pelas PGs, tem visibilidade muito restrita, uma vez que livros e anais, com circulação limitada, constituem-se nos principais veículos para difundir o conhecimento em EF. Os dados também indicam a prevalência de estudos com base biológica e, apoiados principalmente na fisiologia, o que reflete a construção histórica da área de EF. Entretanto, observou-se também um forte influência de outras disciplinas, ou em outras palavras uma grande heterogeneidade epistemológica.

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbefe/v25n1/02.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.