Tendências da Expectativa de Vida Saudável de Idosas Brasileiras, 1998-2008

Por: Cássio Maldonado Turra e Marília Regina Nepomuceno.

Revista de Saúde Pública - v.49 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Analisar a expectativa de vida saudável condicional e não condicional de idosas brasileiras.Estudo transversal, utilizando a técnica intercensitária, para estimar, na ausência de dados longitudinais, a expectativa de vida saudável não condicional e condicional ao estado de saúde corrente do indivíduo. Os dados utilizados foram obtidos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 1998, 2003 e 2008, cuja amostra foi composta, respectivamente, por 11.171, 13.694 e 16.259 mulheres com idade igual ou superior a 65 anos. Foram utilizadas, também, tábuas completas de mortalidade do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, para os anos de 2001 e 2006. A definição dos estados de saúde baseou-se na dificuldade em realizar as atividades de vida diária.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89102015000100210&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.