The Inserção de Escolares com Deficiência nas Aulas de Educação Física

Por: Bruna Barboza Seron e Júlia da Silveira.

Conexões - v.17 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: O presente estudo objetivou caracterizar a inserção de crianças e adolescentes com deficiência durante as aulas de Educação Física das escolas da Rede Municipal de Florianópolis, a partir da percepção dos professores de Educação Física. Metodologia: Para tanto, doze professores de Educação Física, de dez escolas municipais, responderam a um questionário a respeito de sessenta estudantes com deficiência. Os dados foram analisados de duas formas: as perguntas fechadas por meio de frequência de respostas e as perguntas abertas por meio de categorização das respostas, utilizando-se o método de Análise de Conteúdo. Resultados e discussão: Percebeu-se que a frequência bem como a participação dos escolares com deficiência nas aulas de Educação Física ocorre de maneira bastante consistente, sendo facilitada por apoios, como a presença do professor auxiliar e a recepção deste estudante pelos pares sem deficiência. Conclusão: Além disso, notou-se que as relações de interação da criança com deficiência no ambiente escolar acontecem em diferentes níveis, sendo que mais da metade não interage de uma forma efetiva com os colegas de sala. Também foi observado que a Rede Municipal de Educação sofre com a escassez de professores de apoio especializados para acompanhar os escolares.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8657908

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.