Torcida Familiar: a Complexidade das Inter-relações na Iniciação Esportiva Ao Futebol

Por: Fabrício M. Filgueira e Gisele M. Schwartz.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - v.7 - n.2 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Este estudo, de carácter qualitativo, discutiu a efectividade das interacções pessoais e os aspectos intervenientes da torcida em relação à criança, na prática competitiva do futebol, em fase de iniciação esportiva. O estudo constou da união entre pesquisa bibliográfica e de campo, utilizando-se um questionário misto como instrumento para colecta dos dados. Esse instrumento foi aplicado a 20 crianças, do sexo masculino, matriculadas em uma escola especializada no ensino do futebol, com faixa etária entre 11 e 12 anos. Os dados foram analisados de forma descritiva, pela Técnica de Análise de Conteúdo Temático e identificam a grande participação dos pais na torcida, durante os jogos de futebol dessas crianças; a aceitação das crianças em relação à presença de seus pais nos jogos; os efeitos negativos da crítica da torcida; as influências da torcida sobre a forma de jogar das crianças e o papel importante do incentivo da torcida como fator motivacional. Com base nos resultados da pesquisa, sugere-se que novos estudos sejam elaborados, para implementarem a preparação psicológica de crianças nesta fase de aprendizado esportivo.

Endereço: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232007000200013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.