Tornando-se Professor e Professora de Gymnastica: Percursos no Ensino Normal em Minas Gerais (1890-1898)

Por: , Anna Luiza Ferreira Romão, Cristiane Oliveira Pisani Martini, Gyna de ávila Fernandes, Pedro Luiz da Costa Cabral e Ramona Mendes Fontoura de Morais.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Qual o percurso traçado pelos sujeitos para se tornarem professores da cadeira de Gymnastica? Quem são os sujeitos envolvidos com o seu ensino? Como aconteciam os exames de provimento da cadeira? Estas são perguntas que norteiam o trabalho, cujo objetivo mais amplo é perceber, a partir da legislação, dos programas de ensino, de pontos de provas, de atas de exames e de relatórios, como, pouco a pouco, a Gymnastica vai sendo forjada no e pelo ensino normal. Particularmente, interessa-nos reconhecer os sujeitos e suas trajetórias até se tornarem professores da cadeira. Ponderamos ainda que o percurso da cadeira de Gymnastica na formação de professores em Minas Gerais – seu enraizamento e sua afirmação – foi um processo complexo, do qual professores tiveram um papel fundamental.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.