Trabalho Decente na Agenda 2030 e o Profissional de Educação Física no Sistema Fitness Low-cost

Por: e Paulo José Leite Farias.

Revista de Direito Trabalho, Sociedade e Cidadania - v.8 - n.8 - 2020

Send to Kindle


Resumo

O estudo exploratório aborda a garantia do trabalho decente, um dos objetivos da Agenda 2030 - ODS 8, e a necessidade de melhoria das condições de trabalho - redução da sobrecarga laboral - do profissional de educação física no cenário fitness low-cost. Assim sendo, traça-se como objetivo: expor a necessidade de normatização a respeito de um limite de alunos por profissional de educação física, no intuito de limitar a sobrecarga laboral, e, possivelmente, maximizar a devida prestação de serviços ao consumidor, ou seja, o equilíbrio entre as partes. Portanto, o artigo expõe metas e objetivos da Agenda 2030 como plataforma de conscientização do avanço da proteção social, percorre a respeito do Plano de Ação Global para a Atividade Física 2018-2030 e sobre o trabalho decente para assim, correlacionar com o contraste da realidade precária com que a atividade do profissional de educação física é exercida no sistema fitness low-cost. Por fim, na intenção de buscar a concretude do devido equilíbrio, a pesquisa apresenta normas que congratulam com o trabalho decente, a partir de parâmetros que regulam a inter-relação, limites máximos de consumidores por profissional em diferentes áreas da saúde, e que por consequência acabam por abranger devida prestação de serviços à sociedade.
 

Endereço: https://www.iesb.br/revistadedireito/Detalhe/?userKey=EDICAO-V8-N8-JAN-JUN-2020-A&revistaid=MVH27HRVY5WJLP94

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.