Tradução e Adaptação Linguística e Cultural Para a Língua Portuguesa do a Questionnaire For Student Teachers

Por: Mariana Cunha, Paula Batista e Tiago Sousa.

Conexões - v.13 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo representa o primeiro passo da tradução e adaptação linguística e cultural, para a língua portuguesa, do questionário desenvolvido originalmente por Gilat, Kupferberg e Sagee11 e adaptado por Ezer, Gilat e Sagee,12 que visa aceder às perceções do estudante-estagiário sobre a formação e a profissão. Para o processo foram seguidos os princípios definidos por Geisinger15 de equivalência funcional, bem como a tradução literal, desembocando numa constante avaliação das equivalências concetuais linguísticas. Para dar resposta à aferição processo de equivalências, seguiu-se a proposta metodológica de Vallerand18 de sete etapas, sendo que este estudo se reporta às quatro primeiras: (i) construção de uma versão preliminar; (ii) avaliação e modificação da versão preliminar; (iii) avaliação da clareza das perguntas por membros da população através de um pré-teste; (iv) avaliação da validade do conteúdo do questionário. O processo de adaptação do instrumento foi alcançado com sucesso, pelo que, para que este instrumento possa ser utilizado no contexto da língua portuguesa, dever-se-á dar continuidade ao processo, procedendo-se à avaliação das equivalências psicométricas (fiabilidade e validade funcional).

Endereço: http://conexoes.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/1125

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.