Trajetória Docente no Magistério Público Estadual: Histórias de Vida de Professores de Educação Física

Por: Alexandra Folle.

2009 10/02/2009

Send to Kindle


Resumo

magistério público estadual de Santa Catarina, nomeadamente a aderência à profissão, os ,momentos marcantes da carreira docente, os percursos formativos e profissionais. Participaram do estudo quatro professores de Educação Física com mais de vinte e cinco anos ,de intervenção profissional no magistério público estadual de Santa Catarina. Na coleta das ,informações foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas com os sujeitos da pesquisa e com ,alguns de seus colegas de trabalho, além da análise documental. A técnica da análise de ,conteúdo foi utilizada na análise das informações. As evidências encontradas permitiram ,verificar motivações semelhantes para o ingresso na profissão Educação Física (interesse pelo ,esporte) e no magistério público estadual (efetivação profissional), bem como sentimentos ,diferenciados no que se refere ao abandono da carreira docente. Além disso, a estabilidade ,profissional e a segurança financeira asseguraram a permanência dos professores no ,magistério público, durante os anos de docência. No que se refere aos momentos marcantes ,do percurso profissional docente, evidenciou-se que, enquanto os eventos extraclasses ,(eventos esportivos, apresentação e coreografias em datas comemorativas, cargos ,administrativos) destacaram-se entre os melhores momentos, os piores acontecimentos ,pautaram-se nas condições de trabalho oferecidas, no descontentamento com as políticas ,educacionais e nas decepções com a classe docente. Apesar dos eventos marcantes terem sido ,experienciados individualmente, os docentes evidenciaram muitos episódios comuns que são ,vivenciados no cotidiano escolar, os quais auxiliam na compreensão da carreira docente em ,Educação Física. Em relação ao percurso formativo, constatou-se que os professores tiveram ,experiências positivas diversificadas, bem como vivenciaram experiências negativas similares ,durante suas formações iniciais, como a distância entre suas experiências formativas e a ,realidade das escolas públicas. Como estratégia de continuidade do percurso formativo, os ,docentes realizaram cursos de capacitação profissional e de pós-graduação em nível de ,especialização. A entrada na carreira possibilitou a vivência de sentimentos tanto de ,sobrevivência quanto de descoberta, sobressaindo-se o choque com a realidade. Em seus ,percursos profissionais, os entrevistados assumiram cargos comissionados e de confiança nas ,escolas em que atuavam. O desinvestimento amargo predominou no percurso profissional de ,apenas um professor, enquanto os demais demonstraram aguardar a aposentadoria de forma ,mais serena. Finalmente, como expectativas relacionadas à aposentadoria, os professores ,confirmaram o interesse em desenvolver atividades profissionais diversificadas, não ,retornando à docência escolar.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2518&listaDetalhes%5B%5D=2518&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.