Trajetórias na Docência : Professores Homens na Educação Infantil

Por: Mariana Kubilius Monteiro.

2014 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Essa pesquisa analisa as trajetórias profissionais de professores homens que atuam na rede municipal de ensino de Campinas/SP, área profissional ocupada predominantemente por mulheres no Brasil e em muitos outros países. Buscou-se evidenciar as trajetórias profissionais dos sujeitos, a escolha da profissão e a sua experiência profissional. A partir da perspectiva antropológica das histórias de vida, todos os professores homens que atuavam na rede municipal no primeiro semestre de 2012 foram entrevistados, totalizando sete entrevistas, além da coleta de dados estatísticos junto à Secretaria Municipal de Educação. A análise das trajetórias constatou que a influência de mães e professoras, uma experiência positiva durante a escolarização obrigatória e a intenção de ocupar cargos na gestão escolar foram aspectos que levaram os sujeitos à escolha dos cursos de Magistério e/ou Pedagogia. A escolha pela carreira na Educação Infantil recebeu influência dos conhecimentos dos cursos de formação e se mostrou como uma oportunidade de emprego. O ingresso e permanência na profissão foi marcado tanto por desafios característicos da área de atuação como por dificuldades decorrentes de uma noção hegemônica de masculinidade - que levou a questionamentos acerca da presença masculina na Educação Infantil, à escolha profissional, aos procedimentos adotados em momentos de cuidado e à orientação sexual dos sujeitos. Foram observadas tentativas de segregação entre professores e crianças, operadas na forma de direcionamento de turmas mais velhas aos homens professores, mudança de crianças para outra turma ou abaixo-assinado para retirada do professor definitivamente da escola.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000927729&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.