Trajetórias de Vida: Lembranças, Caminhos e Constituições dos Saberes Docentes de Professores de Educação Física

Por: Jose Carlos Rodrigues Junior.

2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O objetivo da pesquisa foi traçar a trajetória biográfica percorrida por seis professores de Educação Física ao longo da vida para compreender os processos de formação docente e o itinerário de constituição de seus respectivos saberes. Para isso, a pesquisa buscou alcançar os elementos biográficos que tornaram os sujeitos professores e, em seguida, reconstruir o fluxo de constituição dos saberes. A primeira fase da pesquisa, desenvolvida a partir de um conjunto de entrevistas, deu-se com a solicitação de lembranças acerca de diferentes etapas da vida (Educação Familiar, Educação Básica, Formação Acadêmica e Experiências Profissionais). Na segunda fase os professores foram convidados a realizar análise compreensivo-reflexiva (reflexão autobiográfica) do material relatado, que objetivou a análise sobre a existência ou não de aspectos do que foi relatado que ainda influenciasse ou que já tivesse influenciado na formação e atuação profissional. Participou deste estudo um professor com três anos de docência; outro com quatro anos; outro com dezesseis anos; outro professor com vinte e um anos e dois professores com trinta anos de profissão. Os professores, ao longo do exercício de reflexão autobiográfica, apontaram a prática profissional como principal etapa biográfica responsável pela aprendizagem da docência. Contudo, o desenvolvimento da reflexão autobiográfica possibilitou a transformação da compreensão inicial de que a prática pedagógica seria aprendida com o decorrer da carreira, e que o processo de constituição docente e de construção dos saberes necessários à prática educativa teve início antes do ingresso no curso de graduação, ao longo da Educação Familiar e Educação Básica, principalmente nas aulas de Educação Física dos Ensinos Fundamental e Médio, que contou com o esporte como conteúdo hegemônico. Ficou demonstrado que a carreira profissional é um processo formativo que proporcionou importantes transformações nas compreensões dos professores, possibilitando, principalmente aos professores com maior tempo de carreira, transformações em seus saberes docentes. Contudo foi possível acessar que etapas anteriores de vida, e a própria formação profissional desencadeada na graduação, também ofereceram elementos de referências à prática pedagógica dos professores. Para os professores com menor tempo de carreira, a graduação demonstrou ter sido um período de formação que ofereceu modelos de referências que proporcionaram rupturas com modelos construídos ao longo da Educação Básica. Em relação aos professores com maior tempo de carreira, a prática pedagógica, principalmente depois de acumulados aproximadamente dez anos de atuação profissional gerou transformações significativas nos saberes sobre conteúdos, objetivos, metodologias de ensino e avaliação constituídos nos períodos da Educação Básica e reproduzidos no Ensino Superior. Diversos elementos biográficos desde a Educação Familiar, passando pelas experiências com diferentes manifestações corporais da Cultura de Movimento dentro e fora da escola, o processo educativo formal escolar e a graduação foram evidenciados e reconhecidos pelos professores como influenciadores de aprendizagens que intencionalmente ou ocasionalmente viriam à baila durante as ações didático-pedagógicas. O caminho metodológico adotado na pesquisa proporcionou aos professores a compreensão da complexidade do processo de transformação do sujeito em docente de Educação Física e a dinâmica de constituição e ressignificação dos saberes ao longo de toda a trajetória de vida. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000901355&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.